Blog da AMI

Há várias formas de ajudar!

A cada ano reforçamos a nossa missão em Portugal e no mundo e 2022 não é exceção! Existem diversas formas de apoiar as nossas ações, seja através de donativos pontuais ou regulares, da consignação de 0,5% do IRS, da participação numa Aventura Solidária, da entrega de uma simples radiografia para reciclar, do financiamento de uma bolsa de estudos, entre muitas outras. Ao longo do ano, existem várias formas de ajudar ao alcan...


Haiti: bem vindo ao caos

Texto: Luís Pedro Nunes Fotos: Alfredo Cunha E citou Voltaire, Diderot, Montesquieu, Rousseau e D. Pedro I. Esta frase que está entre aspas vai contra toda a lógica do local onde foi proferida. Sim. Não é pelo sentido ou pelo conteúdo, mas pelo contexto. Estava a abandonar um dos mais abjetos e desolados locais que visitei em toda a minha vida de jornalista, quando vi um miúdo de vinte e poucos anos a sorrir. Tinha uma camisola color...


Ana Sofia Fernandes: realizar os Direitos Humanos das mulheres

A pandemia da COVID-19 dizimou cerca de cinco milhões de pessoas e obrigou os países a agir coletivamente na proteção das populações com medidas drásticas. No entanto, antes da crise pandémica da COVID-19, já existia uma situação de emergência que ameaçava a segurança e a vida de milhões de mulheres e de raparigas: a da violência masculina. A violência masculina contra as mulheres é um flagelo sistémico. Como tal requer, i...


Pobreza no Feminino: uma realidade que persiste

O papel da mulher na sociedade tem sido, desde sempre, menosprezada, mesmo esta contribuindo de forma decisiva para o desenvolvimento das sociedades modernas. Em matéria de género e ao longo da história, a mulher tem sido alvo de segregação, desigualdades e perseguição no seio de uma humanidade que ajudou a construir e na qual tem um papel determinante. O ano de 2020 agudizou estas desigualdades. Basta referir os equipamentos sociais da...


Histórias com finais felizes

“Mynore Adely é um verdadeiro milagre. Ele ficou ferido no terramoto que assolou o sul do Haiti a 14 de agosto deste ano, quando foi atingido por destroços, provocaram uma fratura exposta no fémur da perna esquerda. Durante quase uma semana, Mynore e a sua família dormiram na rua, e durante esse período, Mynore não recebeu tratamento médico e a perna foi apenas enfaixada com trapos e garroteada com um pedaço de madeira. A 22 de ag...


AMI entrega cabazes alimentares a 5.453 pessoas

No âmbito de mais uma Missão Natal, a AMI irá entregar cabazes de Natal a 5.453 pessoas (2.107 famílias) em todo o país.  Na época natalícia, para além do acompanhamento social que disponibiliza ao longo de todo o ano, e que requer um diagnóstico rigoroso, um trabalho conjunto com os beneficiários e uma avaliação contínua e adequada à necessidade de cada pessoa e agregado familiar, a AMI procura proporcionar aos beneficiári...


Pelo fim do casamento infantil nos Camarões

Evitar 50 crianças noivas em distintas divisões administrativas dos Camarões (Donga, Mantung, Mezam, Momo e Nhokeetunkia) tem sido, desde janeiro de 2019, o objetivo que uniu a organização local Sustain Cameroon e a AMI num trabalho coordenado de sensibilização em diversas comunidades do país. Este projeto tem tido um impacto direto nas comunidades de Nwa, Bamenda I, II & III, Mbengwi e Ndop Central (subdivisões), onde uma equipa de...


Afeganistão: uma crise instalada

afeganistão uma crise anunciada

Um Afeganistão livre é agora e apenas uma memória recente. Após Ashraf Ghani, o antigo presidente, ter abandonado o palácio presidencial e o país, as portas do poder e da história foram arrombadas, uma vez mais pelos talibã. Embora já não seja notícia de abertura dos telejornais, o cenário é severamente preocupante, com a migração em massa de milhares de afegãos para os países vizinhos, Irão e Paquistão, e o desrespeito pelos d...


Marias em ação!

A ACOM - Associação Comunitária de Milagres, no Estado do Ceará, lançou em julho de 2021 um novo projeto intitulado “Marias em Ação: Direitos, vivência e dignidade em tempos de Covid-19". Com uma duração de 8 meses, este projeto está orçado em 4.890 Euros financiados pela AMI. A ACOM surgiu nos anos 90, da vontade de um conjunto de mulheres melhorar as condições de vida das suas comunidades e da região. Começou po...


Entrevista a Nurjahan Khatun, um paradigma de resiliência

Nurjahan Khatun

Nurjahan Khatun é um paradigma de resiliência. Para além da vulnerabilidade ou do sucesso, a sua história é um legado de lutas que, perdidas ou vencidas, a moldaram como mulher. Nasceu em Londres, filha de uma primeira geração de imigrantes do Bangladesh. É difícil imaginar a obstinação necessária para desafiar o status-quo de uma comunidade em que o lugar da mulher não é negociável, mas Nurjahan fê-lo porque, para ela, em nome da...


Mulheres: a luta pela igualdade

Olhando para a história, a luta das mulheres pela igualdade de género tem tido resultados concretos e muito significativos, embora a importância do tema nem sempre reúna consenso, dificultando o caminho percorrido, ainda sem fim à vista. A igualdade plena de direitos civis face aos homens tem criado correntes de mobilização desde o sufragismo do século XIX ao movimento feminista dos dias de hoje. Não será a garantia de direitos e liberd...


Este ano queremos que o Natal seja para todos

As duas doenças mais graves da Humanidade são a Intolerância e a Indiferença. Ajude-nos a fazer deste natal um momento de solidariedade, ação e esperança. Financiar um Cabaz de Natal Ofereça às 2.107 famílias beneficiárias da AMI um cabaz de bens alimentares e assegure parte do acompanhamento social essencial às mesmas. [su_button url="https://ami.org.pt/donativo/?mid=123422" style="flat" background="#e4051f" size="10" center="no...


Terça feira solidária

O Giving Tuesday é um movimento solidário criado nos Estados Unidos em 2012 que este ano irá decorrer no dia 30 de novembro. Foi criado pela New York’s 92 Street Y, em parceria com a Fundação das Nações Unidas. O que começou por ser uma parceria acabou por se tornar uma organização autónoma, criada pela Leadership Support da Fundação Bill & Melinda Gates e liderada pelo co-fundador e CEO Asha Curran. “Acreditamos no potencia...


Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

Aumentaram em Portugal os novos pedidos de ajuda à AMI No primeiro semestre de 2021, os serviços sociais da AMI em Portugal apoiaram 5.478 pessoas, das quais, 768 procuraram apoio pela primeira vez, um aumento de 12% relativamente ao mesmo período do ano anterior. Ao longo destes seis meses, os equipamentos sociais da AMI apoiaram uma média de 3.050 pessoas por mês, com uma média mensal de 128 novos casos de pobreza. Os serviços mai...


Resultados do Fundo Universitário AMI 2021-2022

Já são conhecidos os resultados das candidaturas à 7ª edição do Fundo Universitário AMI , uma bolsa de apoio social no valor de €700, que se destina a apoiar o pagamento de propinas de estudantes que estejam a frequentar cursos de licenciatura ou mestrado em instituições de ensino superior públicas. Este ano, a iniciativa conta com o apoio das seguintes entidades parceiras: Inês Baltazar, Marinelia Leal Business School, Tudo sobre...


Comunicado

Na sequência das notícias que têm vindo a circular, cumpre a Fundação AMI esclarecer: A Fundação AMI interveio ativamente desde o primeiro momento desta crise mundial de saúde que tem vindo a evoluir para uma grave crise social e económica, em Portugal e em vários países do Mundo, agindo como sempre, com o Ser Humano no centro das suas preocupações. Foram mais de 50.000 as pessoas apoiadas diretamente a nível mundial no âmbito...



Afeganistão: uma crise anunciada

  Com o avanço dos talibãs e 26 das 34 capitais provinciais sob o seu domínio, o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, abandonou o país, procurando refúgio nos Emirados Árabes Unidos com a família. Os Talibã assumiram o controlo da cidade de Cabul, capital do país, e do Palácio Presidencial.    A tomada de Cabul levou a que milh...


Guiné – Bissau: Criação e manutenção da rede de Agentes de Saúde Comunitária (ASC) na educação para a redução da mortalidade materno-infantil em Quinara

A Guiné-Bissau, situada na costa ocidental da África, é um país pequeno de 36, 125 Km quadrados com cerca de 2 milhões de habitantes. Figura entre os países com menor Índice de Desenvolvimento Humano (175º lugar de 187 países e territórios avaliados), em particular, em termos de acesso e utilização de um serviço de saúde de qualidade, com uma elevadíssima taxa de mortalidade materna, neonatal e infanto-juvenil. Numa corrida cont...


Quinara: mais saúde para mulheres e crianças

As fragilidades relativas à saúde na Guiné-Bissau têm caracterizado a qualidade da vida das populações, particularmente em Quinara, uma região marcada pela ruralidade e pobreza extrema. Em 2014, a Guiné-Bissau ocupava a 174ª posição no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano, que faz uma avaliação de 189 países no mundo, sendo a falta de acesso à saúde um fator determinante na ocupação desta posição. As elevadas taxas ...


“Papia Ku Mi” – Falar sobre saúde sexual e reprodutiva na Guiné-Bissau

“Papia Ku Mi”, que em crioulo da Guiné-Bissau significa “Fala Comigo”, é um projeto de Promoção da Saúde e dos Direitos Sexuais e Reprodutivos, implementado pela AMI na Ilha de Bolama e que irá decorrer até março de 2022. Este projeto, desenvolvido em parceria com a Direção Regional de Educação, a Direção Regional de Saúde de Bolama e a Rádio Pro-Bolama, pretende trabalhar os direitos sexuais e reprodutivos da populaç...


Entrevista a Mónica Ferro, Diretora do Fundo das Nações Unidas para a População

Mónica Ferro foi vice-presidente do Fórum Europeu de Parlamentares para a População e Desenvolvimento, Secretária de Estado e atualmente é diretora do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) em Genebra, cargo que assumiu em abril de 2017. Mais do que os cargos que ocupou, Mónica Ferro distingue-se pelas ideias que defende em torno dos Direitos Humanos e particularmente no que concerne à condição de ser Mulher nas sociedades...


A criança que Deolinda foi

Deolinda Rocha começou a trabalhar aos 15 anos pela força das circunstâncias em que a sua família vivia, num contexto marcado pela vulnerabilidade económica e pela falta de apoios sociais. Aos 19 anos, a morte da sua mãe tirou-lhe o chão e a juventude, tendo de se tornar mulher e matriarca muito antes do tempo que deveria. Criou 4 irmãos, com idades entre os 6 e os 17 e ainda a sua filha, acabada de nascer. Esta é uma parte da sua h...


Bárbara Baldaia, Luís Garriapa e Micael Pereira vencem ex-aequo a 23º Prémio AMI – Jornalismo Contra a Indiferença

Prémio AMI - Jornalismo Contra a Indiferença

“Racismo no Futebol: Sou Preto, e então?; A Luta de Thuram; A Revolução Cigana”, de Bárbara Baldaia (Canal 11) e “Luanda Leaks: A cidade que Isabel dos Santos deixou para trás (Expresso); Luanda Leaks: O Bairro do Povoado (SIC); de Luís Garriapa e Micael Pereira, são os trabalhos vencedores da 23.ª edição do Prémio AMI – Jornalismo Contra a Indiferença. O júri, constituído pelas vencedoras da edição anterior, Amélia Mo...


AMI convida Gonçalo Henriques

O trabalho diário junto da população em situação de sem abrigo e vulnerável na cidade de Lisboa constitui-se, muitas vezes, como a primeira mão que se estende entre a sociedade civil e os seus, que por vários motivos se afastaram ou isolaram da mesma, vivendo longe dos olhares ou mesmo à vista de todos e lidando à sua maneira com as barreiras que impuseram ou lhes foram impostas. Todos nós, que já notámos várias tendas de campism...


As Equipas da AMI no mundo da Rua

As equipas de rua da AMI que intervêm em Lisboa, Porto e Vila Nova de Gaia surgiram em 2001 e 2006, respetivamente, como uma resposta à exclusão social existente no país e à falta de acesso a habitação digna para todos os seus habitantes, independentemente da sua situação económica e social. Em todas as cidades onde intervêm, o trabalho das equipas de rua é caracterizado pela proatividade de ir ao encontro das pessoas em situação...


Todo o homem precisa de uma casa

Visitámos os Abrigos Noturnos da AMI em Lisboa e no Porto pudemos e fomos conhecer de perto o funcionamento destes equipamentos sociais e das respetivas equipas técnicas que lidam diariamente com a dura realidade de pessoas cuja garantia de um abrigo lhes foi retirada pelas frágeis circunstâncias das suas vidas. Em ambos os casos, os abrigos da AMI localizam-se em eixos centrais das cidades de Lisboa e do Porto e são geridos, integrando o...


A insustentabilidade de Habitar

O que é uma casa? Para além de uma infraestrutura, de um abrigo ou de um lugar onde depositamos os nossos bens pessoais, é um espaço vivo e uma “mais-valia social” (Wirth, 1947) onde asseguramos necessidades básicas e fisiológicas à nossa existência (dormir, comer, higienizar) e também onde mantemos as nossas ligações de convivialidade familiar e social em direito de privacidade e dignidade. Podemos considerar, no que concerne a...


Retrato de uma mulher sem casa

Ao entrarmos no enorme terreno exterior da Casa do Lago, um abrigo de urgência exclusivo para mulheres, criado em maio de 2020, já conseguimos ouvir a voz da senhora Arminda a tagarelar com a companheira do primeiro andar, sem ainda sabermos que é ela quem nos abrirá a porta da sua história de vida. Com 67 anos, Arminda Maria Ramos Silva viu-se pela primeira vez em situação de sem abrigo. Com 44 anos de descontos quer reformar-se, mas e...


Reciclar Radiografias por um Mundo Melhor

Sob o mote #MostraQueoQueImportaÉoInterior, a AMI lança a 25ª Campanha de Reciclagem de Radiografias no dia 5 de junho, Dia Mundial do Ambiente. Este projeto da AMI, que teve a sua primeira edição em 1996 e que tem a dupla finalidade de contribuir para a proteção ambiental e angariar fundos para financiar os projetos desenvolvidos pela instituição, já permitiu recolher mais de 1.600 toneladas de radiografias em...


Acompanhe-nos nesta Missão!

Caro AMIgo, Em março de 2020 tudo mudou! A liberdade de cada um ficou reduzida, perderam-se empregos, perderam-se vidas, perdeu-se esperança. Perante este cenário de emergência económico-social, a AMI não pensou duas vezes para AGIR. Com uma equipa multidisciplinar, assegurou o funcionamento permanente dos 15 equipamentos e respostas sociais distribuídos por todo o país e avançou com a implementação de novos projetos como: ...


Juiz Conselheiro Álvaro Laborinho Lúcio

Álvaro Laborinho Lúcio, Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça, antigo Ministro da Justiça, fundador da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) e da CrescerSer, tem sido uma voz altiva no que toca à proteção dos Direitos das Crianças. Em entrevista à AMI, o Juiz reflete acerca do “tempo de ser criança”, da pobreza extrema como fundamento do Trabalho Infantil e da relevância da Convenção dos Direitos da Crianç...


Saúde mental: é urgente intervir!

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define a SAÚDE como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social”. Sabendo que estes três aspetos estão interligados, facilmente podemos compreender que não podemos intervir na saúde física se a saúde mental não estiver equilibrada, nem esperar melhorias sociais se a parte emocional não for considerada. A intervenção multidisciplinar é essencial e é com base neste princípio qu...


Peditório da AMI volta a ser online

De 3 a 9 de maio, o Peditório da AMI volta a decorrer exclusivamente em formato online, pelo segundo ano consecutivo, face às exigências da conjuntura atual. O montante angariado destina-se a financiar o necessário reforço dos projetos da AMI de luta contra a pobreza e exclusão social em Portugal, para dar resposta aos efeitos colaterais da pandemia e ao consequente agravamento da pressão social que se faz sentir no aumento de pedidos d...


Projeto Rua “Em Família para Crescer”

Em 1989, o Instituto de Apoio à Criança viu aprovado o Projeto “Trabalho de Rua com Crianças em Risco ou Situação de Marginalidade”, no âmbito do 3º Programa de Luta contra a Pobreza das Comunidades Europeias. Com o objetivo de trabalhar para a integração económica e social de grupos desfavorecidos, este projeto foi aprovado como sendo uma abordagem “inovadora”.   Co...


Trabalho infantil no Mundo e o seu fim

AMI Informa - Fátima Pinto Cnasti

Durante a década de noventa surgiu por todo o mundo, um sem número de organizações de combate ao trabalho infantil. Até que a OIT (Organização Internacional do Trabalho) em 1998 começou, também ela a discutir uma Convenção sobre as Piores formas de trabalho Infantil. Porquê as piores formas apenas? O trabalho infantil, segundo muitos países, era fundamental para a sua economia e proibi-lo era impensável. Já as piores formas, esc...


Há esperança nos olhos da criança

AMI Notícias - trabalho infantil - Ha-esperanca-nos-olhos-da-crianca

A urgência de abordar as questões em torno do Trabalho e da Exploração Infantil no século XXI foi enfatizada pelo impacto da pandemia. Acelerar o progresso nesta matéria e erradicar qualquer tipo de trabalho forçado ou escravidão moderna é agora, mais do que nunca, uma responsabilidade conjunta e inadiável. A Declaração das Nações Unidas de 2021 como o ano para a Eliminação do Trabalho Infantil veio formalizar a imperatividade ...


A verdade mais aterradora

AMI Notícias - trabalho infantil - A verdade mais aterradora

São várias as formas de trabalho e exploração infantil que se praticam em distantes geografias, da Ásia pacífico, passando pela África Subsariana até à América Latina. As causas são muitas vezes transversais, as consequências do trabalho infantil são sempre nefastas e dificilmente reversíveis. Estima-se que no mundo, 152 milhões de crianças entre os 5 e os 17 anos trabalham ou praticam alguma atividade que as distancia da reali...


“Papia Ku Mi”: a promoção da saúde e direitos sexuais e reprodutivos na Guiné-Bissau

Começou “Papia Ku Mi”, o novo projeto de desenvolvimento da AMI em Bolama, na Guiné-Bissau.  O objetivo é a Promoção da Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos, e terá a duração de 12 meses. Pretende-se consciencializar a comunidade local, nomeadamente a população adolescente e juvenil da ilha, bem como os seus cuidadores e líderes comunitários para aquilo q...


Entrevista à diretora executiva da Unicef Portugal sobre o trabalho infantil

Na sequência das Nações Unidas terem declarado 2021 como o ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil e uma vez que no mês de março a 80ª edição da revista AMI Notícias é dedicada a este tema, entrevistámos a Diretora Executiva da Unicef Portugal, Beatriz Imperatori. Considerando impreterível aprofundar este tema e as suas problemáticas agravadas pela pandemia da Covid-19, procurámos junto da Unicef en...


O Direito a ser criança: uma luta em várias frentes

Durante a maior parte da história da humanidade, o trabalho infantil fez parte de todos os seus capítulos. A utilização das crianças como força de trabalho, impedindo-as muitas vezes de frequentar a escola,[1] teve o seu pico de consensualidade no ocidente, durante a revolução industrial e fruto da crescente necessidade de mão-de-obra. Sujeitar crianças ao trabalho era uma prática banal nos século XVIII e XIX, e até inícios do s...


AMI retirou 38 pessoas da situação de sem-abrigo em 2020

tenda na rua sem-abrigo

Em 2020, frequentaram os equipamentos sociais da AMI em todo o país, 1.227 pessoas em situação de sem-abrigo, que representam 13% da população total atendida. Distribuem-se principalmente pelos grandes centros urbanos, Grande Lisboa (50%) e Grande Porto (43%). Foram atendidas pela primeira vez 391 pessoas que se enquadram na tipologia de Sem-Abrigo definida pela Federação Europeia das Organizações que Trabalham com a População Sem-A...


Covid-19: AMI responsável por alojamento de emergência para mulheres sem-abrigo em Lisboa

mulher sem abrigo

A Casa do Lago é um Centro de Alojamento de Emergência Municipal criado pela Câmara Municipal de Lisboa no âmbito do combate à Covid-19. Desde 1 de janeiro de 2021, a AMI assumiu a gestão desta resposta de emergência para mulheres sem-abrigo em Lisboa. Este equipamento social acolhe 18 mulheres em situação de sem-abrigo, maiores de 18 anos e com autonomia e independência suficientes, de acordo com as condições físicas de c...


Retratos de Esperança

A exposição “Toda a Esperança do Mundo”,  patente até ao dia 15 de janeiro, no Centro de Juventude de Lisboa, é uma amostra fotográfica do livro “Toda a Esperança do Mundo”.  A obra foi lançada em 2015 no âmbito do 30º aniversário da AMI e é resultado dos trabalhos de foto-reportagem do fotógrafo Alfredo Cunha e do jornalista Luís Pedro Nunes por países como a Guiné-Bissau, o Níger, a Roménia, o Bangladesh, ...


Atribuídos dois primeiros prémios ex-aequo e cinco menções honrosas do “Prémio AMI – Jornalismo Contra a Indiferença”

jornalismo contra a indiferença 2020

“O lugar onde nem eu nem tu queremos viver” de Marta Gonçalves (Expresso) e “Entregues à sorte” de Amélia Moura Ramos (SIC) são os trabalhos vencedores da 22.ª edição do Prémio AMI – Jornalismo Contra a Indiferença. O júri, constituído por Miriam Alves, vencedora do ano anterior, Ana Paula Cruz, médica e ativista humanitária e Tânia Barbosa, Administradora e Diretora do Departamento Internacional da AMI, decidiram atrib...


As más notícias correm depressa, as boas damos nós!

O ano de 2020 foi claramente atípico e conturbado, marcado por uma sucessão de acontecimentos em diversos pontos do globo que alteraram o curso da história e da vida de todos nós. Mas de 2020 queremos essencialmente recordar também o que aconteceu de bom e de que maneira a AMI contribuiu para a garantia do apoio direto de 95.000 pessoas em vários países do mundo e mais 8.000 pessoas em Portugal. Desde a Campanha Escolar Solidária, ao apoi...


Viver com dignidade

apoio domiciliario

O Serviço de Apoio Domiciliário (SAD) da AMI foi criado para a prestação de cuidados, no domicílio, a famílias e pessoas singulares que se encontrem em situação de dependência física ou psíquica e que não possam assegurar de forma autónoma as suas necessidades básicas, nem disponham de apoio familiar para o efeito. Fomos acompanhar o Serviço de Apoio Domiciliário, uma resposta social de acompanhamento e assistência que assegu...


Corações independentes

epes senior 01

Sem saber exatamente quem iríamos encontrar, para além da Diretora do Centro, chegámos à sala comum do Centro Porta Amiga de Chelas, para conhecer o projeto EPES Sénior – Espaço de Prevenção à Exclusão Social Sénior – um projeto dirigido aos idosos da comunidade, pessoas com mais de 70 anos e moradoras da zona. O EPES é um espaço integrado no bairro social da Flamenga, numa esfera mista de vivências e realidades sociais,...


Mais 5.019 pessoas terão uma ceia de natal digna este ano

A AMI irá entregar cabazes de Natal a 5.019 pessoas (1.904 famílias) em todo o país no âmbito da 10.ª edição da Missão Natal – “O nosso desejo para este Natal é que o Natal seja para Todos”.  Na época natalícia, para além do acompanhamento social que disponibiliza ao longo de todo o ano, e que requer um diagnóstico rigoroso, um trabalho conjunto com os beneficiários e uma avaliação contínua e adequada à necessidade...


No passar dos anos

Toda a Esperanca do do Mundo alfredo cunha (Large)

Do ponto de vista sociológico, o envelhecimento consiste na maturação física, psicológica, social e vital do ser humano. A maturação e o envelhecimento sucedem em diferentes fases da vida, influenciando não só a vitalidade de uma pessoa, mas o seu papel na sociedade, em consequência das transformações que ocorrem nas suas interações sociais, em função do seu estágio de crescimento. No domínio das políticas sociais, predomina...