Recrutamento

Aqui poderá consultar as vagas atualmente disponíveis e submeter a sua candidatura.

As respostas poderão ser efetuadas diretamente através do formulário, ou para o email [email protected] 

Médico(a) Pediatra para Missão de Voluntariado Internacional em Madagáscar

Descrição

A AMI é uma Organização Não Governamental (ONG) portuguesa, privada, independente, apolítica e sem fins lucrativos. Desde a sua fundação, a 5 de Dezembro de 1984, a AMI assumiu-se como uma organização humanitária inovadora em Portugal, destinada a intervir rapidamente em situações de crise e emergência e a combater o subdesenvolvimento, a fome, a pobreza, a exclusão social e as sequelas de guerra em qualquer parte do Mundo.

O/A candidato/a selecionado/a irá realizar uma missão de voluntariado internacional num projeto apoiado pela AMI em Madagáscar em parceria com a organização local Change Onlus, que gere um Centro de Saúde em Ampefy-Andasibe, Região de Itasy e distrito de Soavinandriana, localizado a 140 Km da capital Antanarivo.

A parceria é gerida pelo Departamento Internacional da Fundação AMI, em Lisboa, que é responsável pela elaboração, implementação e avaliação de projetos na área da saúde em países em desenvolvimento, que envolvem o envio de equipas expatriadas.

É ainda responsável pela seleção, acompanhamento e avaliação de pequenos projetos de organizações locais financiados pela AMI – numa ótica de capacitação – em diversos sectores como saúde, educação, segurança alimentar, associativismo, entre outros. Este programa designa-se por PIPOL – Projetos Internacionais em Parceria com Organizações Locais – e é no âmbito dos PIPOL que se o/a médico/a seleccionado irá colaborar.

A Change Onlus, por sua vez, é uma organização local de Madagáscar, com quem a AMI mantém uma parceria há vários anos. A organização gere o “Centre Sanitaire St. Paul d’Ampefy-Andasibe” construído em 2014.

O Centro atua em várias áreas de especialidade – medicina dentária, oftalmologia, obstetrícia e pediatria – , sendo que a área de intervenção desta missão será centrada na pediatria.

A Change Onlus reportou à AMI a sua necessidade de integrar temporariamente no Serviço de Pediatria um médico pediatra expatriado com experiência, com o objetivo de colaborar com o mesmo na melhoria de procedimentos técnicos e na capacitação de um médico pediatra local que assegura atualmente o serviço da especialidade sozinho.

Objetivos da Missão

– Planear e implementar uma metodologia de gestão de serviço de pediatria mais eficiente.

– Assegurar boas práticas do serviço.

– Capacitar os recursos humanos locais na área da pediatria através de formação formal e on the job.

Perfil Pretendido

Critérios obrigatórios:

– Licenciatura em medicina

– Especialidade em Pediatria

– Domínio do Francês falado e escrito

– Capacidade de trabalho em ambiente internacional e com equipa local

– Gosto pela área da formação

Critérios preferenciais:

– Experiência de trabalho ou voluntariado em países em desenvolvimento

– Experiência em formação

– Capacidade de integração em ambiente multidisciplinar e trabalho em equipa

– Capacidade de trabalho sob pressão

– Domínio do Inglês falado e escrito

Condições

– O local de missão será no Centro de Saúde.

– Horário Full-time, em conformidade com o funcionamento do Serviço de Pediatria

– A duração da missão será de 3 meses, com partida no dia 15 de Setembro.

– O alojamento será assegurado pela organização Change Onlus junto ao Centro de Saúde.

– Será assinado um acordo de voluntariado com a AMI, através do qual será assegurado o pagamento de ajudas de custo e subsídio de alimentação, bem como acionado um seguro de viagens e acidentes pessoais no terreno.

– A viagem internacional será assegurada pela AMI.

Processo de Seleção

Os candidatos selecionados serão convidados a realizar uma entrevista na sede da AMI.

O/a médico/a seleccionado/a não tem que estar desvinculado do Hospital / Centro de Saúde onde trabalha. Poderá ser solicitada uma licença sem vencimento. A licença é pedida pela Fundação AMI, após comunicação pessoal do médico na estrutura de saúde sobre viabilidade do pedido.

Os candidatos deverão enviar o seu Currículo Vitae e carta de apresentação para:

Departamento Internacional
Diretora do Dep.: Tânia Barbosa
[email protected]

Estágio Profissional de apoio e assistência à Coordenação de Projetos de Ação Humanitária e Cooperação para o Desenvolvimento, para o Departamento Internacional

Descrição

A AMI é uma Organização Não Governamental (ONG) portuguesa, privada, independente, apolítica e sem fins lucrativos. Desde a sua fundação, a 5 de Dezembro de 1984, a AMI assumiu-se como uma organização humanitária inovadora em Portugal, destinada a intervir rapidamente em situações de crise e emergência e a combater o subdesenvolvimento, a fome, a pobreza, a exclusão social e as sequelas de guerra em qualquer parte do Mundo.

O/A candidato/a selecionado/a irá realizar um estágio profissional no Departamento Internacional da Fundação AMI, que funciona na sede da mesma, em Marvila / Lisboa.
Este Departamento é responsável pela elaboração, implementação e avaliação de projetos na área da saúde em países em desenvolvimento, que envolvem o envio de equipas expatriadas.
É ainda responsável pela seleção, acompanhamento e avaliação de pequenos projetos de organizações locais financiados pela AMI – numa ótica de capacitação – em diversos sectores como saúde, educação, segurança alimentar, associativismo, entre outros.

Objetivos do Estágio

Apoio e assistência aos coordenadores de projeto do Departamento na:
– Gestão das parcerias da AMI com organizações locais de países em desenvolvimento (em África, Ásia e América Latina) para a implementação e financiamento de projetos na área da saúde, educação, entre outras, com um trabalho contínuo de capacitação dessas organizações na gestão de projectos.
– Apoio à gestão de projetos de cooperação para o desenvolvimento e de ação humanitária, incluindo desenho de projeto, elaboração de orçamentos, monitorização, avaliação e produção de relatórios.
– Apoio à gestão de financiamentos institucionais (União Europeia, ONU e Camões I.P).
– Preparação de informação para comunicação institucional externa
– Outras tarefas pontuais.

Perfil pretendido

Critérios obrigatórios:
– Licenciatura em área de Ciências Humanas (Sociologia, Relações Internacionais ou afim) ou Ciências da Saúde
– Domínio do Francês falado e escrito (para gestão de projetos)
– Domínio do Inglês falado e escrito (para Gestão de projetos)

Critérios preferenciais:
– Experiência de voluntariado em países em desenvolvimento
– Conhecimentos de Gestão de Ciclo de Projeto de desenvolvimento
– Conhecimentos de orçamentação e contabilidade
– Conhecimentos na área da Saúde e Desenvolvimento
– Capacidade de integração em ambiente multidisciplinar e trabalho em equipa
– Capacidade de trabalho sob pressão

Condições

– O local de trabalho será a sede da AMI, em Marvila / Lisboa.
– Horário Full-time
– O estágio proposto terá uma duração de 9 meses, estando o seu início dependente da aprovação da candidatura pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (submetida no concurso de julho 2019).

Processo de Seleção

Os candidatos selecionados na primeira fase serão convidados a realizar uma entrevista na sede da AMI. Um grupo mais restrito de candidatos selecionados será chamado a uma segunda entrevista.
O candidato selecionado deverá entrar em funções após a aprovação do estágio, que se espera vira acontecer por volta do mês de julho 2019.

Os candidatos deverão enviar o seu Currículo Vitae e carta de apresentação para o Departamento de Recursos Humanos, através do email [email protected] com a referência “DIEP_0619”
Só serão contactados os candidatos chamados para a 2ª fase.

Técnico de Serviço Social (m/f)

Perfil pretendido

– Mestrado na área das Ciências Sociais e Humanas (Serviço Social);
– Preferencialmente com experiência em projetos sociais;
– Noções gerais de informática e multimédia;
– Espírito de voluntariado;
– Capacidade de trabalho em condições adversas.

Funções

– Colaborar na resolução de problemas de (re)inserção social da população utente;
– Atendimento e acompanhamento social de casos;
– Estudar a situação socioeconómica e familiar do(a) beneficiário(a);
– Estudar e propor a comparticipação do(a) beneficiário(a) de acordo com os critérios definidos;
– Proceder ao acolhimento do(a)s utentes com vista a facilitar a sua integração;
– Organizar e manter atualizado o processo individual de cada utente fazendo parte do mesmo toda a documentação de carácter confidencial;
– Fomentar e reforçar as relações entre utentes, os familiares, os amigos e a comunidade;
– Representar, assegurar e promover a colaboração com os serviços sociais de outras instituições ou entidades;
– Inserção de informação na base de dados (fichas de anamnese, serviços);
– Colaborar em tarefas de carácter administrativo relativas à gestão do centro.
– Participar em ações de voluntariado promovidas pela Instituição.

Requisitos

– Elegível para realizar um Estágio Profissional ao abrigo da Medida Estágios Profissionais do IEFP (para mais informações consultar https://www.iefp.pt/estagios)

Condições

Local: Abrigo Noturno da Graça- AMI
Horário: De 2ª a 6ª feira, entre as: 13h00 e as 22h00

Resposta ao anúncio

Os candidatos deverão responder através do formulário abaixo.

Técnico de Contabilidade (m/f) - Estágio Profissional

Perfil pretendido

– Mestrado na área de Contabilidade, Gestão ou Economia, ou similar;
– Experiência profissional na área será valorizada;
– Inscrição como OCC ou reunir as condições para o fazer;
– Conhecimentos de informática na ótica do utilizador e office 365;
– Preferencialmente com conhecimentos linguísticos;
– Profissionalismo, proatividade e dinamismo;
– Capacidade de resolução de problemas:
– Capacidade de trabalhar em equipa;
– Sentido de responsabilidade e empenho;
– Capacidade para trabalhar sob pressão:
– Espirito humanitário e de voluntariado;
– Capacidade de trabalho em condições potencialmente adversa.

Funções

– Arquivar, numerar, classificar e lançar documentos contabilísticos;
– Apoiar a contabilização das atividades sujeitas a IVA:
– Apoiar a preparação das declarações periódicas de IVA;
– Apoiar a preparação de relatórios financiadores internacionais;
– Participar em atividades de voluntariado da Instituição.

Condições

– Elegível para a Medida de Estágios Profissionais (mais informações em: www.iefp.pt)
– Local: Sede AMI
– Horário: 40 horas semanais

Resposta ao anúncio

Os candidatos deverão responder através do formulário abaixo.

Vigilante (m/f)

Funções

– Apoio aos trabalhadores da Instituição no zelo pela vigilância e segurança do Abrigo;
– Apoio na manutenção da ordem e da limpeza do Abrigo;
– Apoio no serviço de receção e atendimento telefónico;
– Participação nas iniciativas de voluntariado da Instituição.
Requisitos:
– Disponibilidade imediata;
– Disponibilidade para horários e folgas rotativas.

Perfil

– 12º ano de escolaridade ou superior;
– Conhecimentos de Informática;
– Carta de condução;
– Comprometimento com causas humanitárias e espírito de Voluntariado;
– Forte capacidade de resiliência, resistência ao stress;
– Capacidade de trabalho em condições adversas.

Condições

Local: Abrigo Noturno do Porto
Regime: Contrato de Trabalho
Horário: Turnos rotativos

Resposta ao anúncio

Deverá responder preenchendo o formulário abaixo, ou enviando email com CV atualizado para [email protected] com o assunto: “AP_08-18”.

 

Para qualquer questão relacionada com recrutamento, poderá entrar em contacto connosco para o email [email protected] 

 

Envio de candidatura

  • Tipos de ficheiros aceites: pdf, doc, docx, png, rtf.
  • Se não concordar, pode alternativamente candidatar-se por email para [email protected] ou telefonar para o 218 362 100.