Os refugiados ucranianos continuam a precisar da nossa ajuda!

Vamos fornecer medicamentos durante 6 meses a uma Clínica médica na Ucrânia, em Uzhhorod

Esta clínica é uma das 8 clínicas de ambulatório que prestam o serviço de medicina familiar em Uzhhorod e conta com 13 médicos. Antes do início do conflito, este equipamento de saúde atendia cerca de 17.600 pessoas, um número que terá duplicado, face ao cenário atual no país. Assim, decidimos dar continuidade ao apoio prestado a esta clínica em março e abril, beneficiando a população local de Uzhhorod e os deslocados internos que se encontram agora na região.  

Distribuição de vouchers para aquisição de medicamentos em Chisinau e zonas rurais circundantes, na Moldávia
Distribuição de vouchers para aquisição de medicamentos em Chisinau e zonas rurais circundantes, na Moldávia

Estamos a distribuir vouchers para aquisição de medicamentos, aos refugiados ucranianos em Chisinau e zonas rurais circundantes, na Moldávia, em parceria com o Charity Centre for Refugees. Esta é uma uma organização com uma vasta experiência no apoio a requerentes de asilo e refugiados, que irá identificar refugiados em situação de maior vulnerabilidade e a seguir tratamentos médicos de longo-prazo, assegurando que têm acesso aos medicamentos necessários. 

Desde o início do conflito na Ucrânia e até 15 de maio, deram entrada na Moldávia cerca de 463 348 refugiados ucranianos, a maioria dos quais mulheres, crianças e idosos, verificando-se, não só, um aumento significativo da procura dos serviços de saúde, mas também a dificuldade dos refugiados ucranianos em fazer face às suas necessidades básicas de medicação. 

Aulas de língua portuguesa para os refugiados ucranianos, em Coimbra
Aulas de língua portuguesa para os refugiados ucranianos, em Coimbra

Também já iniciámos as aulas de língua portuguesa não materna para os refugiados ucranianos que apoiamos em Coimbra

Esta primeira turma conta com 10 formandos de 6 famílias, o que representa cerca de 10% da população refugiada ucraniana que apoiamos através do nosso Centro Porta Amiga de Coimbra. Contamos com o imprescindível apoio de duas voluntárias, uma professora e uma tradutora ucraniana. 

Esperamos poder abrir uma nova turma em breve, para dar resposta a todas as solicitações. 

Neste momento, este equipamento social está a acompanhar 45 famílias, num total de 105 pessoas refugiadas, um número que irá aumentar, uma vez que o total de famílias sinalizadas é de 85 (204 pessoas). 

Continue a apoiar esta Missão!