Formação, Produção e Comercialização nos empreedimentos de Economia Solidária: Uma Abordagem Agroecológica de Género e Técnico-Operativa

Fortalecimento de quatro associações de economia solidária que concebem produtos artesanais.

Brasil

O projeto tem o objetivo de promover a sustentabilidade das organizações, através da capacitação dos seus membros e o fornecimento de ferramentas de apoio à produção e também, fomentar a dinamização comunitária e a igualdade de género.

No final deste pretende-se que os empreendimentos de economia solidária nas quatro comunidades tenham retomado o seu funcionamento. Os grupos de mulheres tenham adquirido ferramentas que lhes permitem melhorar a produção e venda os seus produtos. Os grupos estejam a funcionar de forma sustentável. E ainda, que os grupos de mulheres estejam a trabalhar de forma autónoma e obtenham resultados de produção positivos.

Inicio: Jan, 2016
Fim: Aug, 2018
Custo: 17.550 EUR
Parceiros: Instituto Maria José Batista Lacerda (IMJOB)
Beneficiários: Diretos: 48 pessoas que pertencem aos grupos de trabalho: Grupo de Loceiras- bairro São José: 2 homens; 10 mulheres Grupo Doce Vida – Cajazeiras Velha: 14 mulheres Grupo Arte Vida – Caiçara II: 2 homens; 12 mulheres Produtoras de Hortaliça – Serra da Arara I: 8 mulheres Indiretos: 210 pessoas (crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos) que vivem das comunidades de trabalho. E ainda, cerca de 2.248 famílias que residem nas proximidades dos diferentes empreendimentos de economia solidária.

Como posso ajudar nesta missão?

Partilhar:
A sua pequena ajuda será uma grande ajuda para todos. Está ao seu alcance fazer a diferença!

Missões Relacionadas

Conheça outras missões relacionadas com missão actual e saiba como participar e ajudar em cada missão.

Construção da Escola de Gã-Bacar

Este projeto pretende apoiar a construção de um edifício escolar em Gã-Bacar, destinado às aulas do Pré-Escolar e Ensino Básico.

Fundo Universitário AMI 2018/2019

Fundo de apoio a estudantes universitários para o pagamento de propinas.