Ecoética

Portugal

Como posso ajudar nesta missão?

Donativo
Partilhar:
A sua pequena ajuda será uma grande ajuda para todos. Está ao seu alcance fazer a diferença!

age · muda · integra


Início: Janeiro 2011
Custo: €10 (custo de plantação de uma árvore)
Parceiros:

ACILIS
ACISO
ALDI
Fapil
Glovo
Grace
MEOS
Millennium BCP
Beneficiários: Toda a população em geral e entidades que pretendam participar nesta iniciativa.

ODS:

O projeto Ecoética Pós Incêndios tem como grande finalidade a reabilitação de terrenos ardidos localizados em todo o território nacional. Os terrenos são públicos ou de gestão pública e as ações são de caráter exclusivamente conservacionista, sem qualquer objetivo comercial.

Nos dias 20 e 21 de novembro de 2020 está prevista a reabilitação de 100.000 m2 de terreno deflagrado pelos incêndios de 2017 no Pinhal de Leiria.

Colabore com o seu donativo ou como voluntário(a), preenchendo para isso o formulário na página de Voluntariado em Portugal.

rui unas embaixador ecoetica ami

Rui Unas
Embaixador do Projeto Ecoética da Fundação AMI

“O Maluco Beleza tem todo o prazer e honra em se associar a este projecto. Para além do meu envolvimento pessoal gostaria que quem segue o meu trabalho, particularmente a comunidade de espectadores do Maluco Beleza, pusesse literalmente as mãos na terra, a nossa terra, que foi tão barbaramente fustigada pelos fogos.”

 

O que é o projeto Ecoética?

Em 2017 e 2018 as florestas portuguesas foram gravemente afetadas pela ocorrência de incêndios. Para fazer face à necessidade de recuperação e reabilitação destes terrenos, a AMI direcionou o projeto Ecoética, existente desde 2011, para a reflorestação de terrenos deflagrados pelos incêndios.

O projeto Ecoética Pós Incêndios tem como grande finalidade a reabilitação de terrenos ardidos localizados em todo o território nacional. Os terrenos são públicos ou de gestão pública e as ações são de carácter exclusivamente conservacionista, sem qualquer objetivo comercial.

Desde o seu início, em 2011, o projeto Ecoética já permitiu a reabilitação e reflorestação de mais de 200.000 m² de terreno. Devido à elevada área de floresta ardida em Portugal, no verão de 2017, a AMI direcionou a sua intervenção para as florestas ardidas, tendo sido recuperados 120.000 m² de terreno desde então, com a plantação de cerca de 12.000 árvores.

Com o intuito de fortalecer a relação entre os participantes e os terrenos intervencionados, todos estes são georreferenciados, sendo as coordenadas geográficas cedidas aos doadores e/ou voluntários. Esta iniciativa permite que os participantes acompanhem a evolução da reflorestação do terreno, contribuindo ainda para a sua vigilância.

Caso tenha alguma dúvida ou pretenda saber mais sobre o projeto, envie-nos uma mensagem através do formulário, selecionando “Ambiente” no campo “Assunto”:

  • Se não concordar, pode alternativamente enviar um email para [email protected] ou telefonar para o 21 836 2100.
  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.
Quais são os benefícios deste projeto?
  • Aumento da área vegetal em Portugal;
  • Prevenção dos impactes associados à introdução de espécies invasoras;
  • Preservação dos solos;
  • Proteção das reservas de água subterrâneas;
  • Melhoria da qualidade ambiental das áreas intervencionadas;
  • Promoção do turismo rural e de natureza;
  • Promoção da educação, cidadania e responsabilidade ambiental;
  • Prevenção de incêndios;
  • Monitorização e controlo das zonas intervencionadas;
  • Recuperação de áreas de difícil acesso através do uso de drones.
Qual o custo deste projeto?
A intervenção de 1 m² de terreno custa aproximadamente €1, contemplando a limpeza, preparação do terreno, reflorestação e posterior monitorização do terreno reabilitado.

O custo de plantação de uma árvore é de €10.

Como apoiar este projeto?
Pode apoiar o nosso projeto através da realização de um donativo, ou colaborando como voluntário(a) nas nossas intervenções de reflorestação.

Donativo Ecoética Pós-Incêndios

O valor de intervenção dos terrenos é de €1,00/m².

Fazer donativo: Ecoética Pós-Incêndios

Donativo de pontos MEOS

Se é cliente MEO, também pode contribuir através dos pontos acumulados. 

Saiba como doar gratuitamente os seus MEOS

Millennium BCP – Adesão ao Extrato Digital

Se é cliente Millennium BCP, até 30 de setembro, por cada adesão ao Extrato Digital, o Millennium BCP doará €1,00 para a ação do projeto Ecoética no Pinhal de Leiria.

Saiba como trocar extratos em papel por árvores

Pontos Millennium Rewards

  • Pontos a doar: 1.800 = Donativo €10,08
  • Pontos a doar: 2.700 = Donativo €15,12

Mais informação »

Voluntariado

Também pode ajudar divulgando este projeto, contribuindo desta forma para a angariação de fundos e recrutamento de voluntários. 

Descarregue e publique as imagens abaixo nas suas redes sociais:

Como se faz a requalificação de uma floresta ardida?
Cada intervenção conta com 5 fases, incluindo não só a reabilitação do terreno ardido, mas também a monitorização e acompanhamento após reflorestação. Em 10 m² é plantada uma árvore autóctone, sendo esta monitorizada durante os primeiros anos de plantação. Tendo em conta que cerca de 30% das árvores plantadas morrem antes de atingir um ano de plantação, a replantação é assegurada.

EcoeticaBlog

Quais as intervenções que já foram realizadas?

Zona intervencionada

Localidade de Fóia (Serra de Monchique), concelho de Monchique, distrito de Faro

Data da intervenção

22 e 23 de novembro de 2019

Contexto

O terreno intervencionado foi gravemente atingido por um incêndio florestal em Agosto de 2018, assim como toda a Serra de Monchique. O terreno é público e pertence à Câmara Municipal de Monchique, estando a sua gestão a cargo da Associação A Nossa Terra.

Área intervencionada

2 hectares

Participantes

Cerca de 50 voluntários + 20 técnicos da GreatFlower

Parceiros e apoios

Câmara Municipal de Monchique, Grace, MEO, Sociedade da Água de Monchique, Resort Vale do Lobo, Feira de Artesanato (no Miradouro da Fóia), Associação A Nossa Terra e GreatFlower.

Investimento

€20.000

Caracterização do terreno

Situada no Barlavento Algarvio, a Serra de Monchique é o ponto mais alto do Algarve e carateriza-se por possuir um clima húmido subtropical, com temperaturas amenas, solos férteis e uma vegetação variada.

A Serra de Monchique está integrada numa estrutura com elevado interesse geológico visto que, do soco de xistos do carbónico normalmente predominante na região, levanta-se um maciço alcalino de sienitos caracterizado por vertentes abruptas mas arredondadas. É esta morfologia do terreno que possibilita a existência da flora autóctone única que se verifica na Serra de Monchique. Em termos de substrato arbustivo a vegetação autóctone é composta predominantemente por giestas, tojos e urzes.

Sendo a área de intervenção uma zona afetada pelos incêndios, tem os seguintes problemas:

1. Falta de vegetação autóctone de porte médio. O substrato herbáceo e arbustivo estava já constituído por vegetação autóctone: giestas, tojos e urzes.
2. Condições climáticas: ventos e chuvas fortes.

Os objetivos da Intervenção realizada foram então os seguintes:

1. Retornar a Serra de Monchique ao seu estado natural através da plantação de vegetação autóctone.
2. Promover a conservação da biodiversidade.
3. Sensibilizar a população para a necessidade de conservação da floresta.

Espécies plantadas

Na área intervencionada foram plantadas 2.000 árvores de acordo com o regime jurídico aplicável às ações de arborização e rearborização (RJAAR) do terreno alocado à AMI. Tendo ainda em conta as condições edafoclimáticas da Serra de Monchique, as espécies plantadas foram: quercus suber (sobreiro), arbutus unedo (medronheiro) e castanea sativa (castanheiro). A plantação foi realizada à curva de nível com um espaçamento entre árvores de 6 metros.

Como é que as empresas podem participar?
As empresas podem participar nas ações de conservação da natureza, aproveitando-as para iniciativas de team-building. Às empresas participantes nesta modalidade será apresentada uma proposta de organização da ação, havendo um custo associado à sua preparação.

Empresas que apoiaram a ação de reflorestação em Monchique em 2019:

  • Associação Nossa Terra
  • Câmara de Monchique
  • Grace – Giro 2.1
  • MEOS
  • Sociedade das Águas de Monchique
  • Vale de Lobo

Parceiro:

  • Great Flower

Para saber mais informações contacte-nos através do e-mail [email protected]

Dê espaço à natureza, participe!

Posso acompanhar ou participar nas ações desenvolvidas?

As ações a desenvolver serão definidas e implementadas pelas associações florestais por estarem dependentes de critérios científicos e técnicos. Porém, poderão sempre solicitar informações sobre a evolução dos terrenos, enviando-nos um email para [email protected] com as coordenadas indicadas no certificado de participação. Adicionalmente, a AMI poderá desenvolver ações direcionadas para os cidadãos.

Siga-nos nas nossas redes sociais e partilhe as nossas publicações!

 

 

Conheça outras missões e saiba como participar e ajudar em cada missão!

A sua pequena ajuda será uma grande ajuda para todos. Está ao seu alcance fazer a diferença!