Uma história do Zimbabwe

Esta é a história de Maderina, uma avó de 74 anos, que vive numa aldeia remota do Zimbabwe e que ficou cega devido a um problema tão simples de resolver como umas cataratas.

Porém, o hospital mais próximo fica em Harare, a mais de 120 km e uma deslocação à capital sai demasiado cara.

Apesar da sua condição, Maderina cuida do neto, Tariro, de 9 anos, órfão, que nasceu com uma doença congénita que o incapacita totalmente.

Na sua palhota, Maderina vive ainda com um neto mais velho e a sua mulher, ambos desempregados, como aliás a maioria da população no Zimbabwe. Mas esta história tem um final feliz.

Graças ao apoio da AMI, que financiou a cirurgia, a deslocação, a estadia e a alimentação em Harare, Maderina irá recuperar a visão, poderá continuar a cuidar do neto e voltará a moldar os vasos de barro que fazia para vender e ajudar a sustentar a família.