Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: o caminho para um mundo mais humano

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pelas Nações Unidas em 2015 surgem no seguimento dos progressos e lições aprendidas com os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), entre 2000 e 2015, para os quais contribuíram 361 projetos da AMI.

Embora ainda haja muito por conquistar, os ODM permitiram algumas vitórias: as taxas de pobreza extrema foram reduzidas em mais de metade desde 1990; o acesso à educação primária em países em desenvolvimento atingiu os 91% e o mundo atingiu a igualdade de género no acesso à educação primária; a taxa de mortalidade das crianças menores de 5 anos foi reduzida para mais de metade desde 1990; a taxa de mortalidade materna decresceu 45% desde 1990; e, ainda, entre 2000 e 2013, as novas infeções pelo HIV/SIDA desceram 40% e foram evitadas 37 milhões de mortes por tuberculose; relativamente ao acesso à água potável e ao saneamento básico houve também francas melhorias, uma vez que, desde 1990, 2,6 mil milhões de pessoas obtiveram acesso a água potável; finalmente, em 2014, as ajudas financeiras aumentaram para 135,2 mil milhões de dólares.

Porém, o caminho a percorrer ainda é longo. Até 2030, governos e cidadãos de todo o mundo terão de desenvolver um trabalho conjunto com vista à concretização de objetivos que concernem todos os países e não apenas os mais pobres, sendo o primeiro dedicado à erradicação da pobreza extrema, almejando-se que em 2030, a mesma seja reduzida em 100%.

Os 17 ODS fixados pela ONU em 2015 contam, assim, com 169 metas associadas e visam a criação de um novo modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos, proteger o ambiente e combater as alterações climáticas, tendo abrangido novas temáticas e preocupações como o trabalho digno e o crescimento económico (ODS 8), a energia (ODS 7), as migrações (ODS 10), o consumo responsável (ODS 12), as alterações climáticas (ODS 13), os oceanos e a vida marinha (ODS 14), a paz (ODS 16), entre outras.

Pese embora os sucessos alcançados pelos ODM, o ODS 3 pretende acabar com a pandemia do HIV/SIDA em 2030; o ODS 4 almeja assegurar que todas as crianças completem o ensino primário e secundário até 2030; e os ODS 6 e 7 ambicionam que

todas as pessoas tenham acesso a água potável e a serviços energéticos acessíveis, confiáveis e modernos em 2030, respetivamente.

Faz parte da Missão da AMI levar ajuda humanitária e promover o desenvolvimento humano, tendo em conta os Direitos Humanos e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, nas áreas da saúde, social e ambiental, em qualquer parte do mundo, pelo que, no que aos ODS diz respeito, estamos particularmente empenhados nas áreas da saúde, pobreza extrema e alterações climáticas.

Acreditamos que cada um de nós pode ser embaixador dos ODS e à sua medida fazer parte da construção de um mundo mais humano.

Saiba mais sobre os ODS em https://sustainabledevelopment.un.org/sdgs