Equipa da AMI parte para a Hungria

Uma equipa da AMI parte esta semana para a Hungria, um dos destinos da população ucraniana que atravessa a fronteira para fugir do conflito que assola o seu país. 

A intervenção da AMI no terreno passará por uma ação concertada com um parceiro local que já está no terreno a fazer o levantamento de necessidades de forma a poder avançar-se para uma ação de apoio aos refugiados ucranianos que, segundo os últimos dados já alcançaram um total de 65.000 pessoas, maioritariamente mulheres, crianças e idosos. 

Está ainda em análise, em função do evoluir da situação, a possibilidade de intervenção com organizações locais na Polónia. 

Também em Portugal, os equipamentos e respostas sociais da AMI estão preparados para prestar o apoio necessário à população ucraniana que chegar ao país, à semelhança do que aconteceu aquando da onda migratória daquela região na década de 2000. Relembre-se que na altura, chegavam já a Lisboa com a morada do Centro Porta Amiga da AMI para onde se dirigiam diretamente. 

Há várias formas de apoiar esta missão: 

  •  Conta de emergência: IBAN – PT 50 0007 0015 0040 0000 00672