Capitais da Europa assinalam em simultâneo o dia 3 de outubro

SNAP_nomorebricksinthewall_1200x628px

O dia 3 de outubro marca o 6.º aniversário daquele que é recordado como um dos acontecimentos mais trágicos no Mediterrâneo, que vitimou 368 migrantes (entre crianças, mulheres e homens).

A campanha europeia “No More Bricks in the Wall” promovida pelo projeto “Snapshots from the Borders” e cofinanciada pela União Europeia, pretende, assim, promover a petição para designar o dia 3 de outubro como o Dia Europeu da Memória e do Acolhimento, tendo sido recolhidas, até ao momento, mais de 6.000 assinaturas. São necessárias 10.000 para fazer chegar a petição às instituições europeias.

A iniciativa culminará com um grande acontecimento em simultâneo em todas as capitais da União Europeia no dia 3 de outubro de 2019.

Em Lisboa, o evento, organizado pela AMI, terá lugar no Largo de S. Domingos, entre as 9:00 horas e as 17:00 horas, estando em preparação uma exposição fotográfica de Alfredo Cunha na Igreja de S. Domingos e momentos surpresa para as 9:45 horas, 11:45 horas e 13:45 horas.

A escolha do local deve-se à simbologia da praça, um tradicional ponto de encontro de migrantes e que acolhe um memorial que apresenta a capital portuguesa como a “Cidade da Tolerância” em 34 línguas, em homenagem às vítimas do massacre dos judeus em Lisboa, no século XVI.

Em cada cidade europeia terão lugar várias iniciativas com o objetivo de sensibilizar e informar os cidadãos para a temática das migrações e promover a assinatura da petição.

Mais informações em https://ami.org.pt/wall