11ª edição do “Linka-te aos Outros” já tem vencedores

Já são conhecidos os vencedores da 11ª edição do “Linka-te aos Outros”, uma linha de financiamento da AMI para projetos desenvolvidos por jovens a frequentar a escola entre o 7º e o 12º ano.

Os projetos vencedores evidenciam-se pela promoção de atividades de voluntariado nas áreas de sustentabilidade ambiental e integração social de jovens e idosos.

Após a avaliação de todas as candidaturas pelo júri, tendo em conta critérios de implementação, progresso e impacto, a 11ª edição do Linka-te aos Outros aprovou 3 projetos de diferentes pontos do país, financiando um total de 5.233 euros.

Os projetos vencedores são os seguintes:

“Amigos infinitos e casas quentinhas”:  Este projeto apresentado pelos alunos da Escola Secundária Sá da Bandeira, em Santarém, tem como principal objetivo remodelar o Lar de Santo António em Santarém, de forma a proporcionar um ambiente mais acolhedor às crianças e jovens que residem na instituição.

“Casquilhos: Apela, Recolhe e Doa (CARD)”: Esta proposta desenvolvida pelos alunos da Escola Secundária de Casquilhos, no Barreiro, pretende contribuir para a mitigação de situações de pobreza e exclusão social, através de ações de voluntariado em colaboração com o Projeto Gratitude e da criação de uma Loja Social na escola. A iniciativa irá permitir apoiar 8 a 10 famílias vulneráveis sinalizadas no Agrupamento de Escolas de Casquilhos, a acrescer às 40 famílias desfavorecidas dos concelhos do Barreiro e Moita apoiadas pelo Projeto Gratitude.

“#EscolaSolidária”: Esta iniciativa dinamizada pelos alunos que integram a Associação de Estudantes da Escola Secundária Campos de Melo, na Covilhã, procura colmatar necessidades básicas de alimentação, higiene e saúde oral de algumas famílias de alunos da escola. Este projeto apresenta, assim, como objetivo principal, a promoção da equidade e da inclusão social, através de ações de voluntariado a executar em parceria com diversas entidades, por forma a combater a pobreza persistente e a desigualdade, bem como promover a justiça social e igualdade de oportunidades.